Seja bem-vindo. Hoje é
Paz profunda

Páginas

O amor

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Liquen Plano-

Bom Pessoal vou falar um pouco sobre Liquen Plano
Como todos os que tiveram Liquen Plano, fiz todos os tratamentos imagináves com alopatia, sem obter bons resultados, bem pelo contrario tive reações negativas, ate que meu Homeopata ( o melhor do mundo) Dr. Marco Teixeira começou um tratamento intensivo e graças a Deus e aos conhecimentos do meu médico, estou livre do Liquen, e tento nao me desiquilibrar pois, ele pode desaparecer e surgir tempos depois.


O líquen plano, uma doença recorrente e pruriginosa, começa como uma erupção de pápulas pequenas e discretas que logo se combinam até formarem placas rugosas e escamativas (placas salientes).

A causa do líquen plano é desconhecida. Uma erupção idêntica costuma aparecer nas pessoas expostas a fármacos que contenham ouro, bismuto, arsénico, quinino, quinidina ou quinacrina e a certas substâncias químicas utilizadas na revelação de fotografias a cores. O líquen plano pode por isso ser a reacção do organismo a um composto químico externo ou a outro agente.

Sintomas

A primeira crise pode começar de repente ou gradualmente e persistir durante semanas ou meses. Embora o líquen plano costume desaparecer por si só, as placas reaparecem frequentemente e os episódios podem repetir-se durante anos. As erupções são acompanhadas quase sempre de comichão, por vezes intensa. As pápulas costumam ser de cor violeta e ter bordos angulares; iluminando-as de lado, emitem um brilho característico. Podem formar-se novas pápulas, fruto de um arranhão ou por se sofrer uma leve lesão cutânea. Em alguns casos a pele fica com uma tonalidade escura depois de curada a erupção.

Regra geral, as lesões distribuem-se de forma simétrica (mais frequentemente na boca, sobre o tronco, nas superfícies internas dos pulsos, nas pernas, na glande e na vagina). A cara quase nunca é afectada. Nas pernas, as lesões podem ser especialmente extensas e escamativas. Noutros casos provoca alopecia (queda de cabelo) em placas no couro cabeludo.

As úlceras que o líquen plano provoca na boca são particularmente incómodas.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser difícil porque muitas doenças se assemelham ao líquen plano. O dermatologista costuma reconhecê-lo pelo seu aspecto e recorrências características, mas pode ser necessário fazer uma biopsia da pele (que consiste em colher uma amostra e examiná-la ao microscópio) para confirmar o diagnóstico.

Consulte sempre seu medico e nunca se auto medique.